Enfermeiros afastados por Covid-19 podem solicitar auxílio de R$ 3 mil no Ceará

Enfermeiros afastados por Covid-19 podem solicitar auxílio de R$ 3 mil no Ceará

Enfermeiros, técnicos de enfermagem e outros profissionais de saúde que forem afastados do serviço por causa da Covid-19 podem solicitar auxílio financeiro ao Governo do Ceará, revelou o jornal O Povo. A verba destinada a enfermeiros é de R$ 3.135; técnicos recebem R$ 1.045.

O benefício começou a ser pago pelo governo de Camilo Santana (PT) em maio do ano passado. Até dezembro, haviam sido concedidos auxílios a 1.586 profissionais de saúde que foram infectados pelo novo coronavírus e precisaram se afastar do trabalho. Tem direito ao provento o trabalhador que ficou impossibilitado de exercer suas atividades por um período de até 30 dias, em razão de complicações causadas pela doença.

Segundo a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), se o período de afastamento for inferior a 30 dias, o pagamento do auxílio será proporcional aos dias em que o profissional esteve ausente do trabalho.

Além do auxílio, o Estado garante seguro no valor de R$ 10.450, o equivalente a dez salários mínimos, para a família dos trabalhadores que morreram em decorrência da doença. Os pagamentos são efetuados com recursos do Fundo Estadual de Saúde (Fundes), por meio do Programa Estadual de Incentivo às Doações para a Saúde, criado em abril do ano passado.

Desde o início da pandemia, 22.022 profissionais da saúde contraíram a Covid-19 e 69 morreram em decorrência da doença no Ceará. Os números foram informados pela Sesa, por meio da plataforma integraSUS. A área da enfermagem concentra a maior parte das infecções.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Com 6.054 casos confirmados, a categoria dos técnicos/auxiliares em enfermagem é a mais atingida pela infecção. Na sequência, vêm enfermeiros (3.393), agentes comunitários de saúde (1.885) e médicos (1.727).

Em relação aos óbitos, a incidência maior é entre os médicos, com 20 mortes. Depois vêm os técnicos de enfermagem (17), enfermeiros (6), condutores de ambulância (4), odontólogos (2) e nutricionista (1). Pelo menos um profissional de outras 17 categorias da área da saúde listadas no IntegraSUS também perderam a vida por complicações da Covid-19.

Podem receber o auxílio os profissionais de saúde diagnosticados com Covid-19 que atuam na rede estadual, sejam autônomos ou cooperados. Para solicitar a verba, é necessário preencher formulário no site da Sesa. Os interessados podem também se informar, entre 8h e 17h, pelos telefones (85) 3101-5147 e 3101-5267.

Participe também: Grupo de WhatsApp e Telegram para receber notícias da enfermagem diariamente.

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do PGE é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo da enfermagem. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O PGE é o principal responsável pela especialização de enfermagem no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Enfermagem Clínica, Coronavírus, covid-19

Redes Sociais

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados)

Telefones:

    • 0800 003 7744

 

 

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

Botão Pós Graduação Responsivo

Agenda de Cursos - Inscrições Abertas