Piso de R$ 7,3 mil para enfermeiros avança no Senado

Piso de R$ 7,3 mil para enfermeiros avança no Senado

O Projeto de Lei (PL) 2.564/20, de autoria do senador Fabiano Contarato (Rede), que contempla a criação de um piso salarial nacional de R$ 7,3 mil mensais para enfermeiros, tem ganhado destaque em meio ao agravamento da pandemia da Covid-19, revelou o portal Século Diário.

No dia 8 de março, o PL caminhou mais uma casa no Senado, quando foi designada a senadora Zenaide Maia como relatora de Plenário. O projeto começou a tramitar em maio de 2020. A proposta contempla também um piso salarial nacional de R$ 5,1 mil para técnicos de enfermagem e de R$ 3,6 mil para auxiliares de enfermagem e parteiras.

O valor estabelecido pelo projeto é para jornada de 30 horas semanais. Para jornadas superiores, o piso salarial nacional terá a correspondência proporcional. O projeto justifica-se, de acordo com o senador, pelo fato de que, apesar de os profissionais de enfermagem colocarem em risco a própria saúde para salvar as vidas de outras pessoas, “surpreendentemente continuam absolutamente desvalorizados por todo o Brasil”.

“A dignidade profissional passa por uma dignidade salarial. Passa por condições de trabalho adequadas. Eu queria muito que enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e parteiras tivessem a sua dignidade reposta com um piso salarial digno, pois é o mínimo que esses profissionais merecem”, afirmou o senador à Rádio Senado.

Contarato destacou ainda à emissora que há situações em que os salários oferecidos aos profissionais são humilhantes. “Tenho presenciado prefeituras abrindo editais para contratação, seja por processo seletivo ou concurso público, de enfermeiro para ganhar um salário mínimo. Isso nós não podemos admitir”, frisou.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

A iniciativa é considerada pelos trabalhadores uma atitude de valorização dessas categorias e uma forma de acabar com a desigualdade na remuneração entre os profissionais que atuam nos diversos entes federados.

Segundo a presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do Estado do Espírito Santo (Sindisaúde), Geyza Pinheiro, revelou ao Século Diário, o piso nacional é uma luta antiga dos enfermeiros e o projeto do senador contemplou também outras categorias.

De acordo com ela, no Espírito Santo, em alguns municípios como Jaguaré, há técnicos que ganham R$ 1,1 mil. A presidente do sindicato destaca que, na área de saúde, somente agentes de combate a endemias e agentes comunitários de saúde têm um piso nacional.

Para a presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Espírito Santo (Sindienfermeiros), Valeska Fernandes Moraes de Souza, o projeto é uma ação efetiva de melhoria das condições salariais da categoria. “Um enfermeiro tem, no mínimo, duas especializações, fora os cursos avulsos. É uma profissão que exige conhecimentos variados, portanto, um investimento muito alto após a faculdade”, salientou ao portal.

Participe também: Grupo de WhatsApp para receber notícias da enfermagem diariamente.

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do PGE é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo da enfermagem. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O PGE é o principal responsável pela especialização de enfermagem no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Redes Sociais

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados)

Telefones:

    • 0800 003 7744

 

 

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

Botão Pós Graduação Responsivo

Agenda de Cursos - Inscrições Abertas